Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Começar do Zero (Após os 30)

Começar do Zero (Após os 30)

18
Jun17

Aprender com os erros. É DESTA!

Italian_traffic_signs_-_fermarsi_e_dare_precedenza

 

 

Digo sempre que só aprendo com os erros. Apesar de ter entrado nos "trintas" essa parte não mudou e continuo, ingenuamente, a acreditar nas pessoas.

 

É triste ver que quando confiamos em alguém, quando acreditamos na palavra de alguém, quando alguém nos promete algo a nível profissional, e do nada levamos uma botefada na cara. Já não é a primera vez que me acontece, e, engraçado ou não, jurei a mim própria que não voltaria a acontecer. Mas voltou.

 

 

Hoje, voltei a levar uma bofetada na cara para acordar para a vida. Voltei a ver que perdi o meu tempo e ocupei a minha mente com algo que não valia a pena. Que criei expetativas e pensei que algo fosse mudar, que era desta que podia ter outra alternativa para a minha vida, para depois perceber que me usaram para benefício próprio. BURRA!

 

Mas aprendi. Infelizmente só aprendo assim. Mas desta vez, foi de vez. Que os 30 me tragam também essa mudança. É o que espero. Sei que serei ainda mais desconfiada, ainda mais fechada aos outros, mas parece que essa é a única solução. A falta de carácter da maioria das pessoas assim me faz pensar.

 

A entrada nos trinta trouxe-me novas maneiras de ver a vida, novos rumos para a minha vida. Ainda os estou a construir mas parece que tenho de inserir também a parte de não confiar tanto nos outros. Um dos alicerces principais será esse, bem ao lado do que me diz constantemente que tenho de ser eu a construir o meu futuro e não acreditar que outros me possam ajudar nisso.

 

A essa pessoa, que hoje me fez acordar para a vida, ao contrário de lhe desejar o mal, desejo-lhe sucesso. Que tenha sucesso no seu projeto, que siga a sua vida e que, por favor, se afaste da minha.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo