Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Começar do Zero (Após os 30)

Começar do Zero (Após os 30)

06
Mai17

Facebook: O motivo de tantas depressões?

facebook-257829_960_720.jpg

 

Sou só eu que me irrito quando abro o Facebook? Aquelas poses medidas ao milímetro a cada hora, a comida que prepararam para o marido, os feitos dos filhos, os momentos românticos, as viagens.... Já não aguento mais!

 

Confesso que começo a achar que o Facebook é um dos motivos por que a depressão tem aumentado tanto nos últimos anos. Pelo menos, para mim, começa a ser. Apercebi-me disso recentemente, quando dei por mim a não conseguir sequer ver certas publicações.

 

 

Não sou invejosa, quero que os outros sejam felizes à vontade, principalmente os que gosto, mas a verdade é que de cada vez que vejo alguém partir de viagem para algum lugar, a ter um jantar de amigos animado, a colocar fotos do casamento, da gravidez, do novo emprego, da nova casa, e de tantas outras coisas dou comigo irritada.

 

Porque? Porque eu não tenho nada disso. Tenho amigos, claro, tenho coisas boas que nem sequer me dou ao trabalho de publicar é verdade, mas sinto que me falta tudo. Falta-me uma perspetiva de futuro, falta-me a felicidade que vejo estampada nas publicações quando abro o Facebook. E sim, sinto-me deprimida. Sinto-me frustada, sinto quase inveja (da boa) daquelas pessoas.

 

Abrir o Facebook para mim, neste momento, é entrar ainda mais num estado depressivo. É compreender que a minha vida é uma verdadeira merda. Não que eu não o saiba, eu sei, mas ver certas coisas faz-me pensar mais nisso. Faz-me pensar que tenho 30 anos e que a minha vida não tem qualquer rumo garantido. Não tenho sequer perspetivas de que algo mude.

 

Acho que vou deixar de abrir aquela porcaria durante uns dias.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo