Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Começar do Zero (Após os 30)

Começar do Zero (Após os 30)

01
Abr17

Decidi-me pelo Reiki

Reiki.png

 

Depois de muito pensar, de muito ponderar, de muito pesquisar, decidi que vou experimentar o reiki. Chegar aos 30 também é isto, experimentar coisas novas, começar do zero para algo melhor.

 

Sempre fui bastante dada ao tema do paranormal, sempre senti uma atração por certas coisas inexplicáveis à primeira vista, e apesar de o reiki ser uma terapia é também uma forma de nos ligarmos ao nosso ser interior. Mais do que tratar a parte física e emocional - que anda um caco - o reiki aborda situações como as energias à nossa volta e o nosso passado, ou seja, as nossas vidas passadas.

 

 

 

26
Mar17

O paranormal em Portugal

15825726_740728866091721_8390440727004419735_n.jpg

 

As questões do paranormal, do inexplicável, sempre exerceram sobre mim uma curiosidade imensa. Desde nova que estes temas despertavam algo em mim, procurava saber mais, queria sempre mais e mais.

 

Sei bem que este é um tema que desperta várias reações. Há quem simplesmente não acredite em nada destas coisas, há quem despreze mesmo quem acredita, há aqueles que acreditam que possa existir algo que não vemos a olho nú mas não pensam muito nisso, e depois há aqueles que acreditam e que tentam perceber.

 

É neste último grupo que me insiro. Apesar de há algum tempo ter deixado este "mundo" de lado (por motivos que não vêm ao caso), voltei recentemente a interessar-me pelo tema, depois de descobrir um grupo português - é verdade, leram bem - que se dedica a estes temas, que tenta perceber se realmente existe vida depois da morte e de que forma esta se manifesta no nosso mundo.

 

Descobri os Assombrados há cerca de 15 dias. Desde então, tenho visto os vídeos todos que colocaram no canal de YouTube, que dá pelo nome de Digital Films. Depois de ver vários vídeos, séries, documentários e até outros grupos internacionais que fazem este tipo de filmagens, confesso que me tornei cética e vi o primeiro vídeo pouco convencida. Contudo, vi outro a seguir. E outro. E quando dei por mim, estava a ver os vídeos todos.

 

Resumindo, descobri que este grupo, composto por apenas quatro elementos, e cujas filmagens não são propriamente as melhores, mas que me deixaram, literalmente, viciada. Pela genuinidade, pela coragem, pelo empenho, por fazerem algo de inédito em Portugal nestes moldes, este grupo ganhou a minha confiança.

 

Foi com estranheza que, ao "cuscar" a página de Facebook dos Digital Films descobri que dois elementos sairam e que esta seria, provavelmente, a última temporada dos Assombrados. O motivo? O de sempre. Pouca visibilidade porque os portugueses não têm uma mente aberta para estas coisas, e falta de dinheiro para andar pelo país a filmar.

 

É triste ver que lá fora, este grupo podia ter já um canal de televisão com um contrato na mão - basta ver canais como o Discovery, Odisseia, História e outros que tais para ver que existem programas dedicados unicamente a este tema. E de qualidade muito duvidosa, a meu ver. Enquanto em Portugal, este grupo que começou do nada, que foi melhorando e que tem vindo a fazer as coisas como devem ser, poderão acabar por falta de apoio.

 

Vamos lá dar uma ajudinha aos Digital Films para que os Assombrados sejam a série mais conhecida de Portugal!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo